Dreams Arts Design

Bem-vindo ao Dreams Art's Design. Para poder utilizar todos os atributos deste fórum, será necessário que você crie uma conta de usuário. O cadastro é gratuito e leva pouco tempo para ser preenchido. Após o cadatro você estara automaticamente fazendo parte do grupo Dreams Arts Design e terá acesso a recursos exclusivos para membros. Registre-se e participe!

Atenciosamente, Equipe Dreams Arts Design
Dreams Arts Design
ATENÇÃO: Vamos mudar toda a estrutura do site, semana que vem o mesmo ficara OFF para realização da mudança. Em breve vocês terão nova areas no fórum. Espero que gostem.

    Primeira namorada ainda chora quando vê Pelé na TV

    Compartilhe
    avatar
    shura
    Administrador
    Administrador


    Mensagens : 1320
    Pontos : 6075
    Data de inscrição : 03/05/2010
    Respeito às regras. :
    Localização : Fortaleza CE

    Primeira namorada ainda chora quando vê Pelé na TV

    Mensagem por shura em Sab Out 23, 2010 6:13 am

    Neuza Kitizo Uyheara, a Neuzinha, rotulada como a primeira namorada de Pelé, ainda chora quando vê o ex-jogador de futebol na televisão. “Eu lembro dos tempos de brincadeira, quando convivíamos juntos. Falo para os meus filhos: ‘Isso sim era amizade. Eu conservo essa amizade até hoje’”, diz.

    Pelé conheceu Neuzinha em Bauru quando ainda era criança e dividia suas atenções entre campinhos de futebol, partidas de bola de gude e bailinhos. Os dois ficaram mais próximos quando Dondinho, pai de Pelé, transferiu-se para uma residência na rua Sete de Setembro. As casas das famílias de Pelé e Neuzinha eram separadas apenas pela residência do também ex-jogador de futebol Baroninho (ex-Palmeiras).

    Neuzinha não lembra exatamente a partir de que ano a amizade floresceu. “Era uma grande turminha de crianças. Lembro que no início dos anos 1950, eu e mais duas amigas gostávamos de ver os meninos jogando bola nos campinhos do bairro. O Dico (apelido de Pelé durante a infância) estava entre eles.”

    Pelé só deixou evidente seu interesse pela menina quando estava para deixar definitivamente a cidade de Bauru. Waldemar de Brito, seu técnico no infanto-juvenil do Bauru Atlético Clube, o Baquinho, estava tão empolgado com o menino que, em 1956, o indicou ao Santos.

    “Só descobri que ele realmente gostava de mim quando viajou para Santos e me deixou uma foto autografada e com dedicatória.”




    Promessa de Copa

    Nessa época, ainda desconhecido, Pelé tinha facilidade para deixar Santos durante as folgas e visitar seus pais em Bauru. “Ele sempre me procurava. Mas aquela época era diferente. Namorado tinha que ficar conversando com a menina na frente do portão. As coisas não eram tão livres como são nos dias de hoje’, recorda Neuzinha.

    Em 1958, após o retorno consagrado com a conquista da Copa do Mundo na Suécia, Pelé registrou em um retrato de sua namorada a declaração mais inesquecível do romance: “Neuza, receba este autógrafo de quem lhe estima e quer muito bem. Como prova de amor, Edson Arantes (Pelé). 15-7-1958” (foto ao lado).

    Mas fazer visitas a Neuzinha já não era mais tão simples. Era complicado para Pelé andar com tranqüilidade pelas ruas de Bauru. Todo encontro era minuciosamente combinado para evitar o assédio de torcedores e jornalistas.

    “Lembro que, antes de viajar para a Suécia, o Dico teve uns dias de folga e veio até Bauru. Ele me procurou e disse: ‘Se eu ganhar a Copa do Mundo, vou dizer aos jornalistas que você é a minha primeira namorada. Você aceita?’ Claro que aceito!”


    Mas o namoro não durou muito tempo. Após a fama, Pelé se resguardou em Santos e deixou de visitar Neuzinha. Em comum, os dois passaram a ter somente algumas conversas pelo telefone. Em 1960, os namoricos de Pelé viraram notícia e Neuzinha optou por desistir do relacionamento.

    Pelé se casou com Rosemeri Cholbi, em 1966, Neuza casou-se em 1965, mas ficou viúva em 1982 e passou a cuidar dos três filhos sozinha. “Não casei mais. Trabalhei no comércio de Bauru e consegui sustentar minha família.”, disse.

    Neuza não recebe uma visita de Pelé há mais de 40 anos. “Gostaria muito de revê-lo, mas sei que é difícil para ele.” Porém, garante que mantém contato com a mãe do ídolo, dona Celeste, a irmã do ex-jogador, Maria Lúcia e o tio Jorge.



    _________________






    Visitem !!! Meu blog


    Minha nova Galeria


    Spoiler:








      Data/hora atual: Qua Ago 15, 2018 2:15 pm